sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Perseguição.


Mateus 25:14-30

A Parábola dos Talentos bem poderia ser chamada de “Parábola da Fidelidade”, pois há um destaque desse ensinamento na relação dos servos com o seu senhor, acrescentando-se o julgamento e condenação daquele servo infiel. Observamos ao longo da Bíblia a exaltação à fidelidade como uma marca positiva, elogiada e grandemente recompensada por Deus. Vemos também a fidelidade como um atributo divino bastante comemorado e até cantado nos Salmos (Salmo 36:5; 40:10; 89:2,5,8; 92:2). A fidelidade faz parte do caráter de uma pessoa e é revelada principalmente nos momentos de conflito, dificuldades, desafios e provações. Certa vez um irmão me disse: “A gente só conhece uma pessoa fazendo negócio com ela”. Nessa Parábola, Deus fez um negócio com aqueles servos e provou a fidelidades deles.

I – O FIEL É RECOMPENSADO POR DEUS COM PROSPERIDADE
“Muito bem servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre o muito de colocarei” (Mateus 25:21 e 23). Você deseja prosperar em tudo na sua vida? Então seja fiel em tudo! Deus observa a nossa fidelidade nas pequenas coisas, no pouco que nós recebemos ou possuímos. Tem gente que vive se preparando para ser fiel, mas só quando as coisas melhorarem, quando as tentações desaparecerem, quando o dinheiro sobrar etc. É como aqueles que vivem protelando a sua decisão ao lado de Jesus e as oportunidades vão passando até que a “noite vem, onde ninguém pode fazer mais nada”. Ninguém é fiel apenas declarando ser fiel, mas vivendo na prática essa fidelidade. Sabemos que um discípulo é fiel quando ele assume a liderança da sua célula e dá conta do seu trabalho, quando ele recebe uma ordem e cumpre, quando seu nome está na lista dos dizimistas e ofertantes, quando vemos o seu testemunho de santificação, quando vemos os seus frutos. Você é fiel?

II – O FIEL É RECOMPENSADO POR DEUS COM ALEGRIA – V.21 e 23
Jesus reserva para os seus servos fiéis uma alegria que vem da parte dEle que independe das circunstâncias em que nos encontremos. Trata-se de uma alegria que jamais acabará e essa alegria não se pode comparar com nenhum outro tipo de alegria que o homem possa ter experimentado. É a alegria da salvação, é a alegria de saber que vencemos todos os inimigos, todas as ameaças, todos os medos, vencemos até o último inimigo, a morte! Você já experimenta dessa alegria em seu coração? Nas provações e lutas que enfrentamos para permanecermos fiéis, devemos sempre nos lembrar de que não estamos sozinhos, pois Deus jamais nos abandona. Ele não permite que sejamos tentados além das nossas forças, além do nosso limite, além do que podemos suportar (I Cor 10:13). Não tenha medo de abraçar o desafio de se tornar um servo fiel ao Senhor Jesus. Você já recebeu a grande alegria da salvação em Jesus? Deseja recebê-la agora?

CONCLUSÃO: A Parábola dos Talentos nos revela que para os fiéis há recompensas, prosperidade e grande alegria, mas para aquele que não for encontrado fiel, há castigo, perda, choro e condenação (Mateus 25:28-30). O que você deseja para a sua vida? O que você quer receber do Senhor Jesus? Tudo vai depender da sua decisão em aceitá-Lo como seu Senhor e Salvador e da sua fidelidade a Ele em tudo na sua vida! Vale a pena ser fiel!