sábado, 7 de março de 2015

Sacerdote convertido


Sacerdote convertido




A próxima visita do Papa Francisco a Nápoles (Itália) recorda a história de um beato sacerdote que,

antes de sê-lo, esteve muito envolvido com o satanismo ao qual finalmente rejeitou graças à oração do Rosário. Depois que voltou à fé, este italiano se converteu no fundador do Santuário de Nossa Senhora da Pompéia.

O Beato Bartolo Longo nasceu em uma família católica, mas se afastou da fé aproximadamente na década de 1860: um tempo no qual a Igreja Católica era atacada na esfera política e enfrentava as ameaças da crescente popularidade do ocultismo.

Bartolo se tornou satanista e chegou a afirmar inclusive que era um sacerdote satânico.

Depois de lutar vários anos contra a depressão e também contra algumas tentativas de suicídio, um professor universitário o encorajou a abandonar o satanismo e lhe apresentou ao seu confessor, o Pe. Alberto Radente que o animou a rezar o rosário. Essa oração o devolveu à fé católica.

Bartolo Longo se converteu em um grande devoto de Nossa Senhora do Rosário, especialmente por uma imagem que recebeu das mãos do Pe. Radente em 1875. Fez-se terciário dominicano e se converteu em um grande promotor do rosário.

A imagem que recebeu de presente mostra a Virgem sentada em um trono segurando o Menino Jesus com um rosário na mão, com Santo Domingos e Santa Catarina de Siena aos seus pés.

Em pouco tempo a imagem, que atualmente está no santuário, fez com que Deus obrasse uma grande quantidade de milagres.

O primeiro milagre foi a cura de uma menina de doze anos, Clorinda Lucarelli, que sofria de epilepsia e tinha sido diagnosticada com um mal qualificado como “incurável” pelos médicos da época.

Em declarações ao Grupo ACI, o Arcebispo de Pompéia, Dom Tomasso Caputo, disse que o Beato Bartolo Longo “fez um enorme trabalho de promover a devoção à Virgem, convidando as pessoas a rezar-lhe para que difunda a sua misericórdia”.

“E assim foi. Este é um testemunho dos muitos oferecimentos dos fiéis doadores de todo o mundo em sinal de sua gratidão pela misericórdia recebida”, acrescenta.

Longo morreu na Pompéia em 1926 e foi beatificado pelo Papa São João Paulo II em 26 de outubro de 1980. É conhecido como o Apóstolo do Rosário.

Suas últimas palavras foram: “meu único desejo é ver Maria, que me salvou, salvando os outros das garras de Satanás”.

Fonte: http://www.acidigital.com/noticias/sacerdote-convertido-do-satanismo-gracas-a-oracao-do-rosario-fundou-o-santuario-mariano-que-recebera-a-visita-do-papa-37406/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentário