quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Ser profeta nos tempos de hoje


Quero iniciar dizendo a todos vocês uma das primeiras palavras do Papa João Paulo II quando assumiu seu pontificado: “Não tenhas medo”.
E inicio assim, para você  se conscientizar e não ter medo nem vergonha de ser Cristão.  Ser Cristão é a maior honra para nós.  Mas não podemos ser apenas para nós, precisamos ser para os outros, precisamos ser profetas para os outros.
Dentro de nós já há um profeta. E profeta não é apenas aquela pessoa que prega, que sai dizendo de Deus a multidões. Profeta é todo aquele que assume que Jesus Cristo é o Senhor e sai mesmo que na simplicidade, por onde passa diariamente, escola, trabalho e etc. proclamando o amor de Deus.
Precisamos assumir que somos enviados por Deus. Precisamos assumir que somos sacerdotes, reis e profetas. Sacerdotes, porque temos que levar a palavra de Deus a todos. Reis, porque temos o reino de Deus, e profetas porque temos o dever de anunciar e denunciar.
Temos que ter a consciência de que anunciar não é uma missão fácil, e que seremos martirizados muitas vezes, talvez não como os mártires que davam a vida (martírio vermelho), mas um martírio branco, como dizia o Papa João Paulo II, um martírio até mesmo emocional e verbal, sem agressão física,  mas nem por isso menos doloroso.
É preciso não ter medo e acreditar que Deus honra aqueles que o honram.
Deus espera a nossa fidelidade para realizar na nossa vida e na vida dos  nossos o melhor. Deus espera sua fidelidade para tirar seu irmão das drogas, o seu pai do alcoolismo, sua mãe da depressão ou de quaisquer outras situações que te tiram a paz.
Mas lembre-se, a palavra de ordem hoje para você é: “Não tenhas medo”.
Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus. Coragem! Vale a pena ser um anunciador do reino de Deus nesse mundo.
Ricardo
Paróquia São Benedito – São Bernardo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentário