domingo, 21 de novembro de 2010

Olá galera ,Veja esse Email que recebi !

Email recebido ao Blog Fogo para as Nações
(Por favor leiam e tirem suas Conclusões ,a resposta desse email esta logo abaixo da Matéria)

Olá... Aquí é Welder e quero lhe agradecer por tantos esclarecimentos em seu blog da canção nova. Fogo (do Espírito Santo de Deus) para as Nações! Amém.
 

Creio que a única diferença entre quem serve e quem não serve a Deus é a noção da importância da prensença de Deus para sua própria vida... Pois quando temos essa noção, passamos a buscar e a ver Deus em Todas as coisas.
 
Mas eu só tenho uma dúvida e gostaria de solucioná-la...
 
Estava eu pesquisando alguns assuntos interessantes sobre a nova estátua do cristo e fiquei meio tenso... Não no sentido de adoração a Deus, é claro (pois toda a honra seja dada a Deus), mas no sentido que essa escultura, assim como muitas outras coisas podem tomar proporções e ir contra a própria Palavra de Deus, como vemos lá no livro de Êxodo cap. 20 e vers. 4-5 (4:"Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem debaixo da terra; 5:"Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem").
 
Apesar da nova aliança de Deus na pessoa Cristo conosco, vemos que Deus é BEM categórico nesse tipo de coisa.
Vi no seu blog também algumas coisas a respeito do espiritismo que julgo nunca ter noção daquelas coisas. Já a passagem em que fala que ao ser humano está reservada uma só vida e depois dessa o julgamento (HB-9:27) já sabia e fiquei pensando... "Se as pessoas que passaram por essa terra estão mortas, guardadas na mente de Deus, aguardando o juízo como é que então posso pedir para "mediadores" levarem minhas petições a Deus e servi-los com velas e cultos!?
 
Uma vez que a própria Palavra se resume por si própria ao declarar, na primeira carta de Paulo a Timóteo no cap. 2 e vers. 5-6 (1ª TM-2:5-6), que: 5-''...há só um Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem; 6-"O qual deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo."
 
Jesus disse: - Eu sou O Caminho, A Verdade e A Vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.
 
Isso me leva a pensar que por mais que os apóstolos ou seguidores de Jesus foram pessoas virtuosas e de grande valor, primeiramente para Cristo e depois para o ministério, não podem ir contra a própria Palavra de Deus e levar homens a Deus encomendando suas almas ou atendendo a suas petições... Senão Jesus teria dito isso: Eu sou um caminho, uma das verdades e uma das vidas. Ninguém vem ao pai senão por nós.
 
E é isso que me indagou... quando vejo pessoas colocando a sua fé no "tanque de Betesda"(Jo:5) e não em Jesus Cristo... o qual deu a si mesmo em preço de redenção por todos.
 _____________________________________________________________________________________________




Resposta   Por Marcelo Rodrigues -Cidade de Sorocaba





Antes de responder às suas objeções, quero agradecer seu e-mail.
É bom que você se manifeste e faça as perguntas que fez.
Em primeiro lugar, devemos saber o que é uma idolatria.
Existem três tipos básicos de cultos possíveis: dulia, hiperdulia e latria. A latria é o culto que se deve somente a Deus e consiste em reconhecer nele a divindade. Ou seja, reconhecer que ele é o Senhor de todas as coisas e criador de todos nós, etc.
O culto de dulia ou hiperdulia é a veneração ou a hiperveneração, que consiste em reconhecer em outra pessoa virtudes exemplares e impetratórias (intercessão). O culto de hiperdulia se deve somente à Mãe de Deus, é claro.
Por acaso você sabe o que é, então, a idolatria?

A idolatria consistiria em achar que a divindade está em uma estátua, por exemplo. Ou seja, teríamos que colocar alimentos para as imagens, como faziam os romanos, os egípcios e os demais povos idólatras. Teríamos que achar que Deus e o santo são a mesma pessoa. No fundo, seria dizer que S. Benedito não é e nem foi S. Benedito, mas foi Deus, etc.
Nunca se ouviu algum católico defendendo que o Santo era Deus! Mesmo porque isso seria cair em um panteísmo (defendido por Calvino e Lutero em algumas de suas obras).

Ademais, sobre fazer imagens, onde você leu que elas só podem ser feitas com autorização de Deus? Você pede que eu mostre uma autorização, mas não me mostra onde ela é requerida! Ora, se Deus manda fazer imagens em pelo menos três passagens das Sagradas Escrituras e proíbe que se faça imagens em outra, de duas uma, ou Deus é contraditório ou fazer imagens não é idolatria!
Os Judeus, saindo da dominação egípcia, um povo idólatra, tinham muita tendência à idolatria. Basta ver o que aconteceu quando Moisés desceu do Monte Sinai com as Tábuas da Lei e encontrou o povo adorando o "Bezerro de Ouro" como se ele fosse uma divindade, um amuleto. É claro, como permitir que um povo tendente à idolatria fosse fazer imagens. Entretanto, o mesmo Deus mandou que se fizesse imagens em outras passagens.
Sobre os santos possuírem atributos divinos, devo dizer que há uma confusão de linguagem. Os santos não possuem atributos divinos, mas sim virtudes que os tornam "semelhantes" a Deus. Lembre-se que S. Paulo disse: "já não sou eu quem vivo, mas é Cristo que vive em mim".


Já viu alguma imagem católica que representasse um vício ou defeito? É claro que não, pois elas são "imagens" de pessoas virtuosas. Virtude essa que provém da graça de Deus. O mesmo não se dava na idolatria, pois os povos idólatras representavam as virtudes e os vícios em seus ídolos.

O poder de interceder pelos vivos está expresso em diversas passagens das Sagradas Escrituras. Lembre-se das Bodas de Canáa, onde Nosso Senhor não queria fazer o milagre, pois "ainda não havia chegado Sua hora" e "o que temos nós a ver com isso (com a falta de vinho)?". Bastou Nossa Senhora pedir para que seu Filho fizesse o milagre, que Ele adiantou sua hora para atender à intercessão de sua Mãe Santíssima. Quer maior poder de interceder do que esse? Fazer com que Deus, por assim dizer, mudasse seus planos? É tal o poder de Nossa Senhora que a doutrina católica a chama de onipotência suplicante, ou seja, Aquela que tem, por meio de sua súplica a seu Filho, o poder onipotente!

Sobre os santos, também existem diversas passagens em que Deus só atende por meio da intercessão deles, como, por exemplo, no caso de Jó, em que Deus expressamente mandou que um dos que pediam a Ele pedisse através de seu servo Jó. Ou mesmo do discípulo de Santo Elias, que só fazia milagres quando pedia através do Deus de Elias.


Ora, é natural que Deus atenda àqueles que estão mais perto dele do que àqueles que estão mais distantes. Quanto maior a virtude de uma pessoa, tanto mais perto de Deus ela está e tanto mais pode interceder.
Quando a Sagrada Escritura diz que Nosso Senhor é o único caminho entre os homens e Deus, não quer dizer que entre os homens e Nosso Senhor não possa haver intercessores. É claro, só Nosso Senhor é o intercessor entre nós e Deus Pai, mas não significa que entre nós e Ele não existam degraus de pessoas que O conheceram, amaram e serviram de forma exemplar.

Sobre a fotografia, só seria idolatria alguém rezar diante de uma fotografia se o que reza pensasse que a foto fosse Deus ou que a pessoa fotografada fosse Deus. Fora isso, não há problema em se rezar para alguém, quem quer que seja, se a intenção é crescer em virtude ou alcançar alguma graça por intercessão dela.
O problema dos protestantes, Welder, não é conhecer as respostas que estou dando (que são simples e básicas), mas é em reconhecer o orgulho que existe em quem rompe com a Igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo.O Sofisma, quem faz são os protestantes, que se fecham para a Igreja, para Nossa Senhora e para a Eucaristia. Querem dizer que seguem a "Bíblia" e se esquecem que a Bíblia foi feita pela mesma Igreja que combatem. Uma Igreja que já existia há 1.500 anos quando apareceu o primeiro protestante. Uma Igreja que recebeu a promessa de que as "portas do inferno nunca prevaleceriam contra ela". E olhe bem, se não "prevaleceriam" é porque pareceriam prevalecer em algumas épocas históricas!
Welder Vinicios, espero que abra seus olhos, pois Deus é um só e não pode haver mais de uma religião verdadeira. Ele não teria vindo ao mundo para deixar os homens sem uma religião (pois todos os povos já tinham a sua) e perdidos no caos do "livre exame"!


As respostas às suas objeções foram dadas, espero que faça a sua parte. Se quiser, procure-me pessoalmente e conversaremos sobre qualquer dúvida que tenha.

Seu em Cristo e Maria,
Contato: Marcelo Rodrigues   marcelorcc@hotmail.com